Fernando Cyrino

Caminhando e saboreando a vida.

Textos

A NOVIDADE DO MARIDO
Sumiu à moda clássica: saiu para comprar pão. Dois anos depois soube que ele vivia numa cidade vizinha. Lamentou-se e chorou de novo. Vida que segue e cedeu às atenções de Leo. Noite de domingo veem um filme. De repente mexem na fechadura e a porta se abre. A conhecida voz se anuncia: “Novidade, amor, cheguei!”.
Fernando Cyrino
Enviado por Fernando Cyrino em 25/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras