Fernando Cyrino

Caminhando e saboreando a vida.

Textos

AQUÁRIO
Uma inveja danada dos peixes. A vida em solavancos e eles a deslizarem. Ouvidos feridos por impropérios, os bichos em monástico silêncio. A realidade suja e a água tão clara. Fez as malas, chamou o táxi e apanhou a criança. Estacou diante da porta, deu meia volta e quebrou o aquário.
Fernando Cyrino
Enviado por Fernando Cyrino em 06/04/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras