Fernando Cyrino

Caminhando e saboreando a vida.

Textos

RATO NA FEIRA (ec)

Ao perceber o bicho ela imediatamente se dividiu. Mantinha um olho posto na freguesa que reclamava do preço dos caquis e o outro no rato que teimava em meter a cara por entre os abacaxis. Rezava para que a mulher não visse o roedor e provocasse um tremendo fuzuê na feira.

Este conto faz parte dos Encantos das Letras. Veja outras obras com o mesmo tema (Barraca de Feira) em: http://encantodasletras.50webs.com/barracadefeira.htm
Fernando Cyrino
Enviado por Fernando Cyrino em 03/06/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras