Fernando Cyrino

Caminhando e saboreando a vida.

Textos


A PATA E O PAPAGAIO (ec)

Todos por aqui dormem,
e eu me ponho a sonhar.
Há no canto do armazém,
dois bichos a conversar:
Papagaio todo prosa,
bate papo com a pata.
repara que é mentirosa
dá-lhe então uma gravata,
bravo ele briga com rosa.
-Pare com essa bravata.
Como pode a senhora,
com jeito de aristocrata,
bela ave, tão formosa,
propor-me tal negociata?
Sei que tenho má fama,
mas quero me regenerar.
Meu nome tirarei da lama,
um político irei me tornar.

Este exercício criativo, com o tema "TODOS DORMEM E EU AQUI", foi proposto a um grupo de escritores. Encontre outras obras com o mesmo foco em: http://encantodasletras.50webs.com/todosdormemeeuaqui.htm
Fernando Cyrino
Enviado por Fernando Cyrino em 19/07/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras