Fernando Cyrino

Caminhando e saboreando a vida.

Textos


A PATA E O PAPAGAIO (ec)

Todos por aqui dormem,
e eu me ponho a sonhar.
Há no canto do armazém,
dois bichos a conversar:
Papagaio todo prosa,
bate papo com a pata.
repara que é mentirosa
dá-lhe então uma gravata,
bravo ele briga com rosa.
-Pare com essa bravata.
Como pode a senhora,
com jeito de aristocrata,
bela ave, tão formosa,
propor-me tal negociata?
Sei que tenho má fama,
mas quero me regenerar.
Meu nome tirarei da lama,
um político irei me tornar.

Este exercício criativo, com o tema "TODOS DORMEM E EU AQUI", foi proposto a um grupo de escritores. Encontre outras obras com o mesmo foco em: http://encantodasletras.50webs.com/todosdormemeeuaqui.htm
Fernando Cyrino
Enviado por Fernando Cyrino em 19/07/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras